Gestão pela Média

Já ouviu alguém dizer, não sou pago pra isso ? Ou lembra da frase célebre do folclórico pentacampeão com a seleção de futebol Vampeta após ser questionado sobre desempenho do Flamengo dizer :

“Eles fingem que pagam eu finjo que jogo “, quantos “ Vampetas “ nascem e são cultivados nas empresas que não possuem metas, métricas e processos claros por méritos para avaliação de desempenho? Ou ainda gestores que querendo ou não querendo formam outros incentivando esta postura? Já se deparou com gestor de departamento pedindo para equipe de vendas “tirar o pé“ pois já havia feito a meta do mês ?

Ou mesmo outros gestores incentivarem gastos indevidos ou desnecessários apenas por que colocou o valor no orçamento e não poderia “ perder o valor “ para o próximo ano ?

Gestão medíocre de desempenho, gestão medíocre de orçamento e enganação total nos indicadores , brincar com dinheiro do dono e capital dos investidores .

Sabe aquele cara que diz que sempre foi nota cinco e só fazia o necessário para passar de ano? Ou o que faz o mínimo de esforço em cada uma das áreas, há muitos que defendem viver assim, mas está energia mediana será passada para todas as áreas da vida, e o que é morno já sabemos o que ocorre, principalmente na gestão empresarial.

Se você já presenciou algo assim na sua empresa ou algum local que trabalhou acredite; são posturas que existem e se multiplicam, contribuindo com o índice de insatisfação de profissionais em suas empresas. O que pretende fazer sobre o tema? Ajudar a extirpar este tipo de mentalidade e comportamento ou cultivá-los e manter cultura do “ Horácio “ do Maurício de Souza .. braços curtos?

#mediocridade #gestaoempresarial #gestor #empreendedorismo #sp

Nenhum Comentário

Gostou? Deixe um comentário.